Fernando Gomes: «Nunca esquecerei as brilhantes exibições que nos ofereceu»

Presidente da FPF lamenta morte de Johan Cruyff

• Foto: Hulton Archive/Hulton

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, lamentou esta quinta-feira a morte de Johan Cruyff, vítima de cancro, aos 68 anos, lembrando o "legado valiosíssimo" tanto como jogador como treinador.

"Nunca esquecerei as brilhantes exibições que nos ofereceu na década de 70, ao serviço daquela que ficou conhecida com uma das melhores seleções da Holanda", pode ler-se no comunicado divulgado pela FPF.


Leia o comunicado na íntegra:


"É com profunda tristeza que recebemos a notícia do desaparecimento de Johan Cruyff, um dos maiores nomes da história do futebol mundial, que deixou um legado valiosíssimo primeiro como jogador e depois como treinador.

Nunca esquecerei as brilhantes exibições que nos ofereceu na década de 70, ao serviço daquela que ficou conhecida com uma das melhores seleções da Holanda, a laranja mecânica.

O seu trabalho como treinador também é um exemplo que inspira e atravessa gerações de treinadores em todo o Mundo.

A FPF endereça sentidos pêsames à família enlutada, à Federação Holandesa de Futebol e a todos os clubes que Johan Cruyff representou. Este é um dia de luto para o futebol."

Por Marta Correia Azevedo
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.