FIFA abre processo disciplinar contra presidente da Federação Palestiniana

Por incitar os adeptos do país a queimar fotografias de Messi

O presidente da Federação Palestiniana vai enfrentar um processo disciplinar da FIFA por incitar os adeptos do país a queimar fotografias de Lionel Messi caso a Argentina disputasse um jogo de preparação para o Mundial 2018 em Jerusalém.

A FIFA informou que instaurou um processo disciplinar contra Jibril Rajoub por causa dos comentários "amplamente divulgados na comunicação social".

A Argentina cancelou uma partida frente à seleção de Israel no início deste mês, após vários protestos de grupos palestinianos.

Rajoub havia pedido aos adeptos árabes e muçulmanos para queimar fotografias e camisolas de Messi, estrela da Argentina e dos espanhóis do FC Barcelona, caso ele jogasse.

A FIFA ainda não anunciou a data do julgamento.

A seleção Argentina vai estrear-se no Mundial'2018 frente à Islândia, a 16 de junho, às 14 horas, no estádio do Spartak, em Moscovo.

Além dos islandeses, os 'albicelestes' defrontam a Croácia em 21 de junho, em Novgorod, e a Nigéria no dia 26, em São Petersburgo, nos restantes jogos do Grupo D do Campeonato do Mundo, que arranca em 14 de junho e termina em 15 de julho.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.