FIFA: Comité de Ética prolonga suspensão a Jérôme Valcke

Mais 45 dias para o francês

• Foto: EPA

O Comité de Ética da FIFA decidiu esta quarta-feira prolongar por 45 dias a suspensão ao antigo secretário-geral do organismo, Jérôme Valcke, depois de os investigadores terem pedido mais tempo para avaliar as suspeitas que incidem sobre o francês.

Segundo o mesmo comité, os investigadores continuam a analisar a alegada violação de várias regras de conduta (artigo 13.º do Código de Ética da FIFA), de lealdade (artigo 15.º), confidencialidade (16.º), dever de revelação, cooperação e informação (18.º), conflito de interesses (19.º), oferecer e receber prendas e outros benefícios (20.º) e obrigação geral de colaboração (43.º)

Na terça-feira, os investigadores do processo interno movido pela FIFA a Valcke solicitaram nove anos de suspensão para o antigo secretário-geral do organismo, arredado das suas funções desde setembro de 2015.

O francês, de 55 anos, suspenso desde 8 de outubro, foi acusado pela imprensa inglesa de estar implicado num processo de revenda de bilhetes para o Mundial'2014 no mercado negro, envolvendo um alegado suborno de Benny Alon (JB Sports Marketing).

Além da pena de suspensão, a investigação sugere ainda a aplicação de uma multa de 100 mil francos suíços (cerca de 92 mil euros).

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.