FifPro surpreendida com o novo papel de Platini como consultor do presidente

Francês foi punido com quatro anos de suspensão de toda a atividade ligada ao futebol, devido ao seu envolvimento num processo de corrupção

• Foto: Getty Images

A Associação Internacional de Futebolistas Profissionais (FifPro) manifestou-se esta sexta-feira surpreendida com o regresso ao ativo de Michel Platini como consultor do seu presidente Philippe Piat, enfatizando que tal não foi discutido pela direção.

O francês Michel Platini, de 64 anos, ex-presidente da UEFA, punido com quatro anos de suspensão de toda a atividade ligada ao futebol, devido ao seu envolvimento num processo de corrupção, foi anunciado há dois dias como conselheiro pessoal de Philippe Piat, presidente do FifPro.

"À luz das notícias na comunicação social que associam Michel Platini a um papel na nossa organização, o FifPro gostaria de declarar publicamente que nenhuma posição semelhante foi mencionada, e até aprovada, pela nossa direção", anunciou em comunicado a instituição, com sede nos Países Baixos.

Este comunicado breve da FifPro contraria o anúncio proferido por Philippe Piat, há dois dias, que justificou o regresso de Michel Platini como seu consultor "dado o seu carisma, as suas relações pessoais, o conhecimento e as funções que exerceu".

O regresso ao ativo na FifPro de Michel Platini, presidente da UEFA entre 2007 e 2015, surge a dois anos das eleições para a presidência da associação de futebolistas profissionais, que elegerá o sucessor do francês Philippe Pial, que não se irá recandidatar.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.