Gianni Infantino: «Terrorismo é uma preocupação»

Presidente da FIFA admite que tema gera receio

• Foto: EPA

O novo presidente da FIFA, Gianni Infantino, assumiu esta terça-feira que o terrorismo é uma fonte de preocupação para a entidade que tutela o futebol mundial.

"Obviamente, o terrorismo é uma preocupação", reconheceu o suíço depois de visitar o Museu de futebol do estádio Centenário, em Montevideu (Uruguai), durante a sua digressão pela América do Sul.

No entanto, Infantino argumentou que a FIFA quer organizar jogos de futebol "sem falar de política, violência, religião", dando "um pouco de vida às pessoas".

"Não temos a ambição de resolver os problemas planetários, mas de organizar festas em torno do futebol", prosseguiu o presidente da FIFA.

Gianni Infantino, eleito a 26 de fevereiro, está a realizar um périplo pela América do Sul, devendo assistir ao encontro entre Uruguai e Peru, de qualificação para o Mundial de 2018.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.