Grécia: Adeptos do Olympiacos tentam impedir evento do ministro das finanças

"O Estado não é representado pelo primeiro-ministro, o Olympiacos é o Estado", gritavam

Adeptos do Olympiacos envolveram-se esta quarta-feira em confrontos com a polícia grega, quando tentavam bloquear a sede do clube no sul de Atenas, onde o ministro das finanças grego discursava.

Cerca de 200 adeptos concentraram-se à porta de um hotel no Pireu, sede do clube no sul de Atenas, onde estava a decorrer um evento para membros do Syriza, partido que está no governo desde 2015, com o objetivo de barrar a entrada de pessoas.

"O Estado não é representado pelo primeiro-ministro, o Olympiacos é o Estado", gritavam os adeptos enquanto incendiaram caixotes do lixo e outros objetos.

Várias ruas do centro do Pireu ficaram bloqueadas e os manifestantes lançaram pedras aos polícias, que responderam lançando granadas de gás lacrimogénio.

Apesar dos confrontos, não houve detidos nem feridos confirmados pelas autoridades.

Na segunda-feira, o tribunal disciplinar da Federação de futebol confirmou a retirada de três pontos ao Olympiacos pela invasão de campo dos adeptos durante o jogo, em casa, com o AEK de Atenas.

O presidente do clube, Evangelos Marinakis, está a ser investigado por supostos delitos de "posse e tráfico de drogas" e por pertencer a um grupo organizado.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.