Grécia: Olympiacos campeão pela sétima vez consecutiva

Equipa do Pireu goleou o Giannina por 5-0

O Olympiacos, de Diogo Figueiras e André Martins, sagrou-se este domingo campeão grego pela sétima vez consecutiva, e pela 44.ª na história, ao golear em casa o Giannina (5-0) na 29.ª jornada da Liga grega.

O 44.º campeonato chegou na penúltima jornada do campeonato, com o clube, que teve em Paulo Bento o primeiro treinador da época, tendo sido despedido em março o, a chegar aos 64 pontos, seis acima do PAOK, que esta tarde venceu no tereno do Platanias (3-1) e confirmou o segundo lugar.

A conquista do heptacampeonato foi confirmada com Diogo Figueiras e André Martins como titulares e com golos do alemão Marko Marin (21'), do português naturalizado marroquino Manuel da Costa (24'), do espanhol De la Bella (29' e 71') e de Alejandro Domínguez, de grande penalidade, aos 81'.

Esta época, também alinhou pelo clube, em 28 minutos da vitória sobre o Larisa (1-0) na quinta jornada, o português Gonçalo Paciência, emprestado pelo FC Porto e entretanto regressado a Portugal, para jogar pelo Rio Ave. Entre o plantel estão ainda vários nomes conhecidos do futebol português, nomeadamente o paraguaio ex-Benfica Óscar Cardozo, o ex-FC Porto e Arouca Sebá e o antigo lateral de Vitória de Setúbal e FC Porto Aly Cissokho, além do ex-Sporting de Braga Felipe Pardo, transferido em janeiro para o Nantes de Sérgio Conceição.

O técnico Takis Lemonis, que orienta o Olympiacos pela terceira vez (primeiro de 2000 a 2002 e depois de 2006 a 2008), substituiu Paulo Bento a 23 de março no comando técnico da equipa que agora levou ao título pela quinta vez, depois de 2001, 2002, 2007 e 2008. Aos cinco títulos como treinador, somam-se outros quatro que o grego de 57 anos conquistou pelo clube enquanto jogador, em 1980, 1981, 1982 e 1987.

Os campeões gregos podem ainda juntar a Taça da Grécia ao rol de conquistas, ainda que tenham saído derrotados (2-1) em casa, na primeira mão das meias-finais, contra o AEK, que voltam a encontrar na quarta-feira.

Ao mesmo tempo, em Atenas, o Panathinaikos venceu o Atromitos, treinado por Ricardo Sá Pinto, com um golo solitário de Molins, e segurou o terceiro lugar à entrada para a última jornada, com dois pontos de avanço sobre o AEK, que também venceu. Já o Atromitos segue no oitavo lugar, com 36 pontos.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.