Grécia: Presidente do Olympiacos abandona cargo

Vangelis Marinakis anuncia saída até à conclusão do processo em que é acusação de corrupção

• Foto: DR Record

O presidente do Olympiacos, Vangelis Marinakis, anunciou esta quarta-feira que vai abandonar o cargo que ocupa desde 2010, até à conclusão do processo em que é acusado de crimes relacionados com corrupção no futebol grego, no qual o líder do campeão helénico é uma das 28 pessoas acusadas pela justiça grega de participação num esquema de resultados combinados.

"Até à conclusão deste processo e nos poucos meses que faltam até ser totalmente inocentado, proponho que o cargo de presidente do Olympiacos seja ocupado pelo presidente da Câmara de Pireu e vice-presidente do Olympiacos, Giannis Moralis", indicou Marinakis, em comunicado publicado no site do clube.

O painel de juízes do Tribunal de Recurso de Atenas tinha ordenado a Marinakis que abandonasse a presidência da equipa de Pireu, campeão grego nos últimos sete anos, sempre sob sua liderança, no prazo de 15 dias desde a publicação do acórdão.

O presidente do clube grego, adversário do Sporting no Grupo D da Liga dos Campeões, assinalou que o tribunal decidiu rejeitar as acusações de organização criminosa, fraude e extorsão que também recaíam sobre si.

De acordo com a comunicação social local, dois dos jogos investigados pela justiça grega remontam a janeiro de 2013 e fevereiro de 2015, quando o Olympiacos era orientado pelos treinadores portugueses Leonardo Jardim e Vítor Pereira, respetivamente.

No primeiro encontro, o Olympiacos venceu por 3-0 na receção ao FC Veria, e, a segunda partida, impôs-se em casa por 2-1 ao Atromitos, então orientado por Sá Pinto, com o segundo golo a ser marcado pelo ex-avançado do Benfica Kostas Mitroglou.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.