Guarda-redes russa afirma: «É normal que as mulheres possam fazer sexo antes de um jogo»

Elvira Todua, que joga no CSKA Moscovo, reconhece que existem diferenças em relação aos homens

• Foto: Getty Images

A guarda-redes russa Elvira Todua admitiu, em entrevista ao canal de Youtube 'Comment Show', ser "normal" que as mulheres tenham relações sexuais nas vésperas de um jogo de futebol, ao contrário do que acontece com os homens.  

"É normal que as mulheres possam fazer sexo antes de um jogo, enquanto que, para os homens, sei que muitos treinadores o proibiram", disse atleta, de 35 anos, que representa o CSKA de Moscovo e já fez mais de 100 jogos pela seleção russa.

Refira-se que, no passado, vários treinadores proibiram atletas de terem relações sexuais e o caso mais mediático aconteceu no Mundial de 2010 quando Fabio Capello impôs essa proibição aos jogadores da seleção da Inglaterra. 

Na mesma conversa, Elvira Todua revelou ainda que tanto ela como as colegas do CSKA têm contratos que as protegem em caso de gravidez. "O clube é obrigado a pagar-nos em casos de maternidade. Temos essa cláusula, mas não é assim em todo o lado e sei que, em muitos clubes, os contratos são rescindidos de imediato caso as jogadores engravidem", justificou.

Por Record
9
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.