Guardião do Slavia revela frustração de Messi e companhia: «Nem sequer nos cumprimentaram»

Ondrej Kolar travou todas as investidas dos craques catalães

O empate (0-0) do Barcelona na receção ao Slavia de Praga foi um dos resultados mais surpreendentes da última jornada da Liga dos Campeões. A formação blaugrana rematou 14 vezes, mas o desacerto e uma grande exibição do guardião checo, Ondrej Kolar, impediram a vitória dos homens de Ernesto Valverde. Numa entrevista ao ‘idnez.cz’, Kolar admitiu que a frustração dos craques catalães era bem evidente no final do jogo.

"Messi e outros nem sequer nos cumprimentaram. Todos nós queríamos falar com eles para trocarmos as camisolas no final do jogo, mas não se comportaram muito bem", afirmou o guardião checo, destacando, porém, a atitude de Ter Stegen. "Apanhou-me no túnel e disse-me que não via um guarda-redes tão bom há muito tempo e que foi um prazer ver-me jogar com os pés", contou, ficando claramente ‘babado’ com estes elogios. "Foi um prémio ser elogiado por um guarda-redes como o Ter Stegen. Fiquei em pele de galinha".

Kolar esteve intransponível em Camp Nou e impediu, de todas as formas, o golo dos catalães, que não ficavam em branco num jogo da fase de grupos da Liga dos Campeões há sete anos. Em 2012 foi o Benfica, orientado por Jorge Jesus, a conseguir tal proeza!

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.