Henrique: «O que se passou no Chipre foi uma desilusão, mas não sou caso único»

Defesa-central está livre e só pensa em “voltar a competir”

Abalado pelos acontecimentos dos últimos dias, o defesa-central Nuno Henrique, ainda que magoado, quer virar a página depois do despedimento unilateral do Pafos FC, de Chipre, que o havia contratado neste verão.

"O que se passou no Chipre foi uma desilusão, mas não sou caso único. No passado, outros jogadores que assinaram contrato com clubes do Chipre também foram enganados. Fiz uma excelente pré-época, mas, a certa altura, fui colocado de parte pelo treinador. São opções técnicas que respeito. Só não encontro explicação para o facto de o Pafos FC não me ter inscrito e de mais tarde ter procedido à rescisão unilateral. Quem me conhece no mundo do futebol sabe que sou um profissional correto e dedicado. Por onde passei tudo fiz para honrar a camisola que vestia", afirmou o defesa que, nas últimas três temporadas, vestiu as cores do Boavista.

Aos 31 anos, o defesa-central só quer voltar a jogar. "Neste momento só penso em voltar a competir, uma vez que sou um jogador livre e não preciso de esperar pela próxima janela de transferências. Quero voltar à competição e agarrar uma oportunidade num novo clube. Agora está tudo entregue ao gabinete jurídico do Sindicato dos Jogadores, a quem agradeço o apoio prestado, pois, diariamente, têm sido uma grande ajuda nesta fase difícil da minha carreira", prossegue o português, mostrando-se grato pelo auxílio da parte do Sindicato de Jogadores, que lhe irá prestar apoio jurídico no caso.

Henrique é um nome conhecido e reconhecido do futebol português. Natural de Fafe, o central jogou em três clubes na formação: Desportivo Ases de São Jorge, Pasteleira e Fafe. Como sénior, representou no nosso país Fafe, Aves, Feirense, Académica, Arouca, Penafiel e Boavista. No estrangeiro teve passagens por Inglaterra, ao serviço do Blackburn Rovers, na Polónia, onde jogou no Jagiellonia Bialystok, e, o caso mais recente, no Chipre, com as cores do Pafos FC, onde nunca chegou a estrear-se.

Por Ruben Tavares
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.