Infantino confiante nas questões de segurança no Euro'2016 e Mundial'2018

Presidente da FIFA afasta receios

• Foto: EPA

O presidente da FIFA, Gianni Infantino, mostrou-se esta quarta-feira convicto de que as autoridades francesas e russas vão garantir a segurança no Europeu de 2016 e no Mundial de 2018.

"A segurança é, sem dúvida, um assunto que está na ordem do dia. Ainda antes do Mundial temos o Europeu em França. Acredito que vão ser tomadas todas as medidas de segurança necessárias", afirmou Infantino, em Moscovo.

O governo francês anunciou esta quarta-feira que vai propor ao parlamento prolongar por dois meses o estado de emergência instaurado após os atentados de 13 de novembro, de modo a cobrir o período do Euro2016, que decorre de 10 de junho a 10 de julho.

O líder da FIFA disse estar "absolutamente convencido" de que as autoridades russas se empenharão para que o nível de segurança "seja máximo", no Mundial, que decorrerá entre 14 de junho a 15 de julho de 2018.

Infantino, que falava na União de Futebol da Rússia (UFR), descartou por completo a hipótese de retirar à Rússia a organização do Mundial2018, pedida por alguns países depois de denunciadas irregularidades nas atribuições dos Mundiais de 2018 e 2022.

"Posso garantir, com toda a segurança, que o Mundial de 2018 decorrerá na Rússia, isso foi decidido há seis anos", referiu Infantino, que ainda hoje será recebido pelo presidente russo, Vladimir Putin.

Infantino, que na terça-feira visitou o estádio Luzhniki, em Moscovo, que será palco do jogo de abertura e da final do Mundial, viajará para o Qatar, que acolherá o Mundial de 2022.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.