Internacionais russos Kokorin e Mamaev vão sair da prisão

Jogadores do Zenit e do Krasnodar estão detidos desde outubro de 2018

• Foto: Reuters

Os futebolistas internacionais russos Alexander Kokorin e Pavel Mamaev, detidos desde outubro de 2018 devido a agressões e condenados, já em maio, a um ano e meio de prisão, vão sair em liberdade.

Há cerca de um ano, Pavel Mamaev, do Krasnodar, e o companheiro de seleção Alexander Kokorin, do Zenit, foram detidos depois de atacarem um homem, um responsável do governo, num estacionamento de um hotel em Moscovo, e um outro homem num café.

Kokorin, 48 vezes internacional, foi condenado a ano e meio de prisão, enquanto Mamaev teve uma sentença de 17 meses, ambas conhecidas em maio e deduzidas do tempo cumprido antes da sentença.

O tribunal da região de Belgorod entende agora que "para o propósito de correção, não necessitam de cumprir a sentença na íntegra" e serão libertados em 17 de setembro, caso não exista recurso do ministério público.

"A decisão judicial entrará em vigor dentro de 10 dias, caso não haja recurso", disse a porta-voz do tribunal de Belgorod, Irina Sazonova, à agência Interfax.

Por Lusa
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.