Jesualdo perde Taça do Príncipe em jogo com inédita expulsão de Xavi

Al-Sadd perdeu diante do Al-Duhail por 2-1

A carregar o vídeo ...
Um momento pouco visto: Xavi foi expulso por protestos

O Al-Sadd, comandado por Jesualdo Ferreira, perdeu esta sexta-feira na final da Taça do Príncipe, por 2-1, diante do Al-Duhail, numa partida marcada, para lá do desaire numa decisão, pela praticamente inédita expulsão do médio espanhol Xavi Hernández.

Titular neste encontro, o ex-Barcelona até começou bem o jogo, ao bater o canto que valeu o 1-0 à equipa de Jesualdo, logo aos 19', marcado por Al Haydos. Tudo parecia encaminhado para o triunfo e título para Jesualdo e Xavi, até que o conjunto contrário reagiu e conseguiu a reviravolta... com polémica à mistura.

Primeiro empatou, aos 79', e depois completou mesmo a reviravolta aos 90'+11, com Youseff El Arabi a converter com êxito um penálti que foi revisto no VAR antes de ser cobrado pelo avançado. Ora, a situação fez mesmo Xavi perder a cabeça, com protestos veementes que levaram o árbitro a expulsar o médio, que desta forma perdeu uma das últimas chances de juntar mais um troféu à sua longa lista de êxitos (apenas lhe resta agora a Liga dos Campeões asiática e a Taça do Emir).

De resto, refira-se que esta foi a terceira vez na carreira que o Xavi foi expulso, sendo que a última data de 2008, aquando de um clássico com o Real Madrid.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.