João Mário em Moscovo a pensar na Seleção

Arranca a nova aventura

Depois de transferir-se para o Lokomotiv Moscovo por empréstimo, João Mário é um homem novo e bem mais feliz. O médio espera ter mais minutos e argumentou que esta mudança dá-lhe mais possibilidades de voltar a ser chamado por Fernando Santos. "Pretendia um projeto em que tivesse certezas de que iria jogar. Quero dar continuidade, é ano de Europeu e sei que sou uma opção válida para a Seleção se jogar. Foi uma decisão tomada a pensar na Seleção e para ser feliz", disse João Mário, à Sport TV.

"Um jogador português só pode ambicionar estar numa Seleção tão forte se tiver minutos. Fiquei dez jogos sem jogar no Inter, depois fiz dois e o míster [Fernando Santos] convocou-me. Se não jogares, não podes estar lá", acrescentou.

Na temporada passada, ao serviço do Inter, o português participou em apenas 22 jogos, daí que o seu estado de espírito tenha mudado. "Estava num contexto um pouco negativo, queria mudar e voltar a ser feliz. Já comecei a treinar com a equipa, estou num contexto positivo", frisou, na esperança de que os moscovitas ativem a opção de compra de 18 milhões de euros no final da época. "Há uma opção muito forte de continuar cá, gostava que o Lokomotiv me comprasse, tudo irei fazer para que isso aconteça", salientou.

O médio, de 26 anos, confessou também que teve a possibilidade de voltar a Portugal, mas sentiu que não era a hora. "Não sei até que ponto voltar a casa, onde já conheço bastante a realidade, seria um estímulo para mim. Pensei em várias opções e achei que esta era a mais indicada", explicou.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0