Jogador búlgaro revela que cânticos racistas foram planeados

50 elementos já haviam anunciado intenção de criar problemas

• Foto: Epa

Os graves problemas registados no duelo entre Bulgária e Inglaterra, de qualificação para o Campeonato da Europa de 2020, continuam na ordem do dia. Esta terça-feira, a imprensa britânica destaca que um dos integrantes da equipa búlgara pediu desculpa aos jogadores ingleses, explicando que as ações registadas nas bancadas, com cânticos racistas e palavras de ordem xenófobas, foram combinadas e coordenadas antes do jogo.

A Sky Sport News destaca a informação e apesar de não revelar o nome do jogador em causa, realça que este explicou aos adversários que os incidentes resultaram da ação de um grupo de de extrema-direita da cidade que já havia anunciado a vontade de fazer ‘estragos’ durante a partida contra os ingleses.

O jogador refere-se ao grupo de 50 elementos, todos vestidos de negro, que foram escoltados até à saída depois da segunda interrupção do jogo.

Por João Seixas
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.