Jogador do Celtic salva adepto do Rangers

Johnny Hayes protegeu miúdo de grupo de bullies

Johnny Hayes não é o internacional irlandês mais renomado. Nem tão pouco é o elemento mais mediático do plantel do Celtic. Mas com esta história vai conquistar certamente muitos e muitos corações.

O avançado de 31 anos vive em Glasgow, claro está, e uma destas noites quando regressava a casa viu um rapaz a ser agredido e insultado por um grupo.

"Estava a ser pontapeado, socado e atirado de um lado para o outro", revelou Callum McIvor, a vítima do grupo de bullies.

O jogador parou o carro, afastou os malfeitores e até ofereceu boleia ao pequeno Callum, que prontamente rejeitou, uma vez que a sua mãe o avisa constantemente para não aceitar boleia de estranhos. Então, num raro gesto de compreensão, Hayes fez guarda de honra ao petiz, acompanhando-o de carro em marcha lenta até casa.

"Eu não sabia quem ele era. Percebi que era alguém importante porque tinha um grande carro, mas não sonhei que fosse jogador de futebol", explicou o miúdo.

E não ficou por aqui. Enviou uma camisola do Celtic com um bilhete onde escreveu: "Querido Callum, nunca voltes a deixar que os rapazes da escola que tratem mal. Os Bullies não merecem o teu tempo. Se precisares de alguma coisa, estou a cinco minutos da tua escola. Johnny."

Ironicamente, o pequeno Callum é adepto do Rangers, o grande rival do Celtic. Mas este gesto ternurento de Hayes pode mudar tudo. "Se trocarei de clube por causa disto? Talvez..."



Por João Seixas
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.