Jogador do Lanús sequestrado só foi libertado após pagamento de resgate

Lautaro Valenti não ganhou para o susto

Lautaro Valenti, do Lanús, não ganhou para o susto esta madrugada, pouco depois do encontro com o Aldosivi. Titular nessa partida, onde saiu derrotado por 2-0, o jogador de 21 anos foi sequestrado no seu regresso a Buenos Aires e apenas foi colocado em liberdade depois do pagamento do pedido de resgate por parte dos seus empresários, segundo adianta a imprensa argentina.

De acordo com as informações adiantadas, os factos terão ocorrido já na capital, quando depois de deixar a sua namorada em casa decidiu ir com um amigo comprar uma pizza para jantar. Nesse momento, e já de madrugada, os dois acabaram por ser atacados pelos meliantes, que os levaram num veículo e os golpearam.

Valenti decidiu então intervir, 'anunciou-se' como jogador do Lanús e pediu para que estes falassem com o seu representante, com o qual os sequestradores terão então negociado um resgate "entre os dois mil e três mil dólares". Feito o pagamento, o jogador do Lanús seria libertado entre as cinco e as seis da madrugada, saíndo de toda esta situação apenas com alguns ferimentos decorrentes dos golpes de que foi alvo.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.