José Morais vence no novo normal

“Foi pedido que não houvesse contacto na celebração de golos”, disse o técnico português

O futebol está de volta na Coreia do Sul, após o início da temporada ter sido adiado devido à pandemia de Covid-19. José Morais, treinador português que orienta o campeão em título Jeonbuk, estreou-se com uma vitória (1-0) na receção ao Suwon, numa partida que teve atenção mundial para se perceber como pode o desporto continuar neste novo normal.

O técnico luso, de 54 anos, explicou as principais medidas de segurança exigidas. "É obrigatório o uso de máscara no banco, tanto para a equipa técnica como para os jogadores, que estavam com um distanciamento de 2 metros entre si. O uso de máscara foi exigido logo na entrada no estádio, assim como o controlo da temperatura corporal a todos os elementos da comitiva. Garrafas de água individuais e houve também a proibição de troca de camisolas no final do jogo. Foi pedido ainda que não houvesse contacto na celebração de golos e aquele grito de guerra que se dá antes de cada jogo, em que a equipa faz um círculo no relvado, também foi desaconselhado", sublinhou. De facto, no golo da vitória apontado por Lee Dong, o jogador cumprimentou os companheiros com o cotovelo.

Mas a paragem prolongada tem suscitado dúvidas, nomeadamente na forma física dos jogadores. "Não notei que tenha sido influenciada negativamente pela paragem e é igual para todas as equipas, que tiveram todas nas mesmas condições. Já no aspeto mental, a falta de público foi mesmo o mais estranho", disse.

Por Luís Magalhães
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0