Jovic pode ser preso se voltar a sair de casa e não respeitar a quarentena

Presidente sérvio deixou ameaça ao avançado do Real Madrid

• Foto: Getty Images

O presidente da Sérvia deixou esta quinta-feira um sério aviso a Luka Jovic caso o avançado não cumpra o período de isolamento devido ao coronavírus. O jogador viajou de Espanha para a Sérvia nos últimos dias para tentar escapar à pandemia mas não foi o único e existe pelo menos mais um caso, o de Nikola Ninkolic, jogador do Ascoli (Serie B italiana). 

"Se um deles sair de casa, será preso. Acho que ambos os lamentam o que fizeram, mas vou deixar claro para eles que a vida do nosso povo é muito mais importante do que os seus milhões. Apesar de tudo, não vamos crucificar ninguém ", afirmou Aleksandar Vucic sem, no entanto, se referir especificamente aos dois jogadores.

Apesar de garantir que viajou para a Sérvia com autorização do Real Madrid, Jovic já pediu desculpas mas deverá ser alvo de um processo do Ministério Público por ter deixado o seu apartamento quando deveria manter-se isolado, segundo a agência noticiosa sérvia 'Tanjug'.

De resto, esta quinta-feira, o ministro sérvio do Interior, Nebojsa Stefanovic, confirmou ao canal 'Prva' que 80 pessoas seriam denunciadas por não cumprirem a quarentena e o estado de alerta no país, incluindo "atletas e milionários conhecidos"

Por André Antunes Pereira
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.