Justiça brasileira tira iate e avião a Neymar

Arresto de bens no valor de 43 milhões de euros

• Foto: Instagram/Neymar

A justiça federal brasileira decretou o embargo de bens da família de Neymar, entre os quais estão um iate e um avião. A medida foi tomada ao abrigo do processo por evasão fiscal, que terá sido cometida entre 2011 e 2013, e abrange um total de 192 milhões de reais (43,02 milhões de euros) em propriedades registadas Santos, Guarujá, São Vicente, Praia Grande, São Paulo, no estado de São Paulo, e Itapema, no estado de Santa Catarina.

Neymar, que já tinha sido notificado da medida provisória na semana passada viu agora confirmada a decisão que pesa sobre ele, sobre os seus pais, Neymar da Silva e Nadine da Silva Santos, e sobre empresas que detém: Neymar Sport e Marketing, N&N Consultoria Esportiva e Empresarial e N&N Administração de Bens Participações e Investimentos. 

O processo foi desencadeado por o internacional brasileiro ter deixado 63,6 milhões de reais (14,25 milhões de euros) oriundos de direitos de imagem por pagar. Ao valor acrescem juros e multa. Recorde-se que Neymar enfrenta um problema semelhante em Espanha, com base na forma como foi elaborado o contrato que o liga ao Barcelona, o qual foi assinado em 2013.

Por António Espanhol
5
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.