Kaká: «Alegria que tive com Mourinho foi ao receber uma mensagem quando ele deixou o Real»

Antigo médio brasileiro recorda fase muito complicada da carreira

• Foto: Getty Images
A pior altura da carreira de Kaká? As três temporadas no Real Madrid com José Mourinho no cargo de treinador. O antigo médio internacional brasileiro recorda esses tempos com amargura e frustração pela dificuldade de adaptação às exigências do técnico português.

"Sentia-me completamente perdido. Quem sou eu? Quando vou de Espanha para Itália sou o Kaká, o melhor jogador do mundo, e toda a gente me adora. Quando regresso a Madrid, toda a gente quer que eu saia dali. Como é que vivo com isso? Como é isso dentro da minha cabeça? Houve um momento em que disse: 'tenho de tirar essa roupa. É muito bom que as pessoas me reconheçam como jogador de futebol, mas isso é um disfarce. A minha verdadeira roupa é quem eu sou'. Foi quando despertei", recordou Kaká em entrevista ao portal UOL Esporte.

"Mourinho foi um treinador muito difícil para mim. Quando achava que ele me ia dar uma oportunidade, isso não acontecia... Na minha cabeça podia provar-lhe que tinha condições de ser melhor utilizado nesse período dele [no Real Madrid]. Mas não resultou. Eu treinava, lutava, rezava... sem conseguir uma satisfação dentro de campo. A alegria que tive com ele foi ao receber uma mensagem quando ele deixou o Real Madrid. Disse-me que fui um dos jogadores mais profissionais com quem trabalhou", adiantou o antigo médio.
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas