Kjaer e o colapso de Eriksen: «Há um dia ou dois em que não penso nisso. Não muitos mais»

Um dos heróis no socorro ao médio no Dinamarca-Finlândia, do Euro'2020, diz que momento dificilmente sairá da sua memória

Um dos heróis no socorro a Christian Eriksen, médio dinamarquês que colapsou no jogo entre Dinamarca e Finlândia, a contar para a fase de grupos do Campeonato da Europa, Simon Kjaer revelou esta quarta-feira que o dia 12 de junho deste ano dificilmente sairá da sua memória.

"Há um dia ou talvez dois em que não penso nesse dia. Não muitos mais. Tornou-se parte de nós. Quando entrámos para o jogo com a Escócia a contar para a fase de qualificação do Mundial foi sob normais condições, mas de repente as más memórias vieram à superfície. Tive de ir passo a passo. Primeiro durante o aquecimento, depois durante o jogo, depois durante o nosso hino nacional - pessoalmente, tudo me deixava em choque. Mas quando começámos a jogar, o sentimento foi semelhante ao que tivemos contra a Bélgica ou Rússia no Campeonato da Europa: neste estádio [Parkenstadion] vamos estar mais seguros e protegidos do que qualquer outro no Mundo", atirou o capitão dos dinamarqueses, em declarações citadas pela imprensa italiana.

Sobre um possível reencontro com Eriksen nos relvados, o defesa-central que é companheiro de equipa do português Rafael Leão no Milan assumiu que o mais importante é o estado de saúde de Christian Eriksen. "Eu já o disse uma centena de vezes e vou continuar a dizê-lo: a única coisa que me interessa e que me importa é que o Christian [Eriksen] esteja bem. Tudo o resto não é importante para mim", atirou.

Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas