Laurent Blanc quebra silêncio: de Mourinho ao telefonema 'fora de horas' de Cantona

Treinador francês recorda histórias do passado e comenta a atualidade desportiva

Sem clube desde que deixou o PSG em 2016, Laurent Blanc concedeu uma entrevista ao "Times" em que Mourinho, Manchester United, PSG e Barcelona são alguns dos temas que mereceram a atenção do técnico francês de 53 anos.

Laurent Blanc acredita que brevemente voltará a treinar um clube a aponta o seu interesse em agarrar uma equipa da Premier League, mas não fecha a porta a outras ligas europeias: "Já passou algum tempo, é hora de regressar. Treinar em Inglaterra está nos meus objetivos. para mim é difícil ir para outro clube em França. Quero um desafio diferente em Inglaterra, Espanha ou Itália", afirmou o técnico que já esteve apontado ao Benfica.

O confronto entre o PSG e o Manchester United, clube que Laurent Blanc representou nos dois últimos anos de carreira, foi outro dos temas focados, com o técnico a prever um duelo equilibrado: "Há dois meses quando foi o sorteio o PSG estava claramente em vantagem, agora...", respondeu o treinador que fez largos elogios a José Mourinho mas também reparo: "Respeito muito o seu trabalho, mas na minha opinião, o futebol tal com a sociedade mudam. Não se pode gerir uma equipa como se fazia há dez anos. O jogador é muito importante, o mais importante. Quando se percebe isso, tem de se ser inteligente caso contrário estás acabado", afirmou.

Laurent Blanc recordou ainda o telefonema que recebeu de Eric Cantona após o Europeu de 1996: "Jogava no Auxerre e o Eric telefonou-me: 'Podes vir para o Manchester United. Alex Ferguson vai chamar-te amanhã de manhã para negociar'. ao que respondi: "Eric há um grande problema, acabei de assinar pelo Barcelona..."

Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas