Liga belga recomenda aos clubes que não apliquem 'lay-off' aos futebolistas

Em consequência da paragem dos campeonatos devido à Covid-19

A liga belga de futebol recomendou esta quarta-feira aos clubes profissionais que não apliquem um regime de suspensão temporária de trabalho aos seus jogadores, em consequência da paragem dos campeonatos devido à Covid-19.

"A recomendação é que não devem aplicar o desemprego temporário [um lay-off] aos jogadores, exceto por razões económicas urgentes. Em todo o caso, se forem forçados a fazê-lo, a Pro League recomenda que o façam coletivamente e não através da segurança social", defende o organismo do futebol belga.

A última jornada na Liga belga realizou-se em 07 de março, com os campeonatos a pararem depois disso, à semelhança do que aconteceu em outras ligas europeias, devido à pandemia do novo coronavírus.

O campeonato belga conta com alguns futebolistas portugueses, nomeadamente o internacional Orlando Sá (Standard Liège), Diogo Queirós (emprestado ao Mouscron pelo FC Porto), Leonardo Rocha (Eupen), Aurélio Buta e Ivo Rodrigues (Antuérpia) ou Jorge Teixeira (St.Truiden).

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.