Maradona: «Com o vídeo-árbitro não existiria a 'Mão de Deus'»

Argentino defende evolução do futebol através dos meios tecnológicos

• Foto: EPA

O argentino Diego Maradona comentou a introdução do vídeo-árbitro no futebol recorrendo ao lance que portagonizou ao serviço da seleção do seu país diante da Ingalterra no Mundial'1986, que ficou conhecido como 'Mão de Deus. A conclusão não podia ser outra...

"O futebol não pode ficar para trás. Se outras modalidades recorrem aos avanços tecnológicos, por que não fazer o mesmo no futebol?", começou por dizer Maradona em entrevista ao site da FIFA, sustentando que os adeptos querem a verdade desportiva, que "ficam irritados quando um golo é anulado incorretamente" e que "a tecnologia traz transparência e qualidade".

Falando em concreto da 'Mão de Deus', o agora treinador do Al-Fujairah revelou:  "Esse golo não teria sido validado se já existisse esta nova tecnologia."

"Mas não seria apenas esse golo a ser anulado. Não vamos esquecer que a Inglaterra ganhou o Mundial em 1966 com um golo que não existiu e que o mesmo lhe aconteceu em 2010, frente à Alemanha, quando um remate de Lampard entrou e foi invalidado. É hora de mudar", reforçou.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.