Maradona: «Depois de Messi, o que há?»

Lenda argentina reticente acerca do futuro

• Foto: Reuters

Diego Maradona mostrou-se preocupado com o futuro da seleção argentina após a retirada de Lionel Messi, não vendo muito talento nas camadas jovens do país.

"Vou falar com Infantino e vou levar novidades para a Argentina, porque quebrámos e estamos a bater no fundo. Porque depois de Messi, o que há?", disse a lenda albiceleste que foi assistir à final da Taça Davis em ténis, onde a Argentina defronta a Croácia.

O antigo número 10 da Argentina também criticou o pouco uso dado ao campo de treinos da seleção, em Ezeiza. "Não se pode pôr qualquer um a trabalhar com esses jogadores porque depois vais precisar deles para a Maior e não chega nenhum. Temos boas instalações em Ezeiza e não treina lá ninguém, nem sequer os árbitros. Há que começar a trabalhar para que isto floresça, para que não vivam numa fantasia de Superliga isto e Superliga aquilo quando há clubes que não se podem manter na Primeira", afirmou o ex-jogador, que já foi selecionador da albiceleste.

Maradona defendeu ainda que os jogos da Argentina deviam ser jogados na La Bombonera, casa do Boca Juniors. "Se a seleção jogar na Bombonera, vou lá motivá-los. Chateio-me quando se diz que o River Plate aluga o campo à seleção. Estamos todos loucos! Os jogadores merecem jogar na Bombonera para que sintam como vibra o templo", atirou.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0