McAllister agredido em plena rua

Ataque sucedeu quando aguardava por um táxi

• Foto: Getty Images

A agressividade (infelizmente) parece não ter hora nem local marcados. É o caso de Gary McAllister, ex-jogador do Liverpool e capitão da seleção escocesa, que foi agredido em plena rua quando aguardava por um táxi.

Tudo parecia ser uma noite normal para Gary McAllister. Depois de ter jantado num restaurante, com a sua mulher, preparava-se para ir para casa e decidiu chamar um táxi. Enquanto esperava, o atual treinador adjunto do Rangers (clube da primeira divisão escocesa), foi agredido na face, múltiplas vezes, por um desconhecido, em Leeds. A sua mulher ainda tentou lutar com o agressor, mas acabou também por sofrer mazelas. Quando a polícia chegou ao local, o rufia já tinha fugido e foi então que levaram McAllister e a sua mulher até ao hospital local, onde foram socorridos.

Dominic Matteo, antigo companheiro de equipa de McAllister no Liverpool, afirmou, na sua conta do Facebook, que o técnico ficou com três dentes partidos e que teve de ser suturado com dez pontos no lábio superior, acrescentando que a agressão foi "sem qualquer tipo de razão aparente que explicasse esta atitude", escreveu.

Assim que o casal recebeu alta médica, dirigiu-se até à polícia para apresentar queixa e dar início à investigação policial sobre o responsável.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0