Ministro sul-africano nega pagamento de subornos no Mundial'2010

Para adquirir o estatuto de anfitriã da prova

• Foto: Fikile Mbalula

O ministro sul-africano dos Desportos, Fikile Mbalula, negou esta quinta-feira o pagamento de subornos por parte da África do Sul para que o país pudesse receber o Mundial2010.

"A África do Sul não pagou qualquer suborno ou sequer conspirou para conquistar ilegalmente o direito de anfitriã do Mundial de 2010", disse o governante à imprensa na Cidade do Cabo.

Fikile Mbalula reagiu um dia depois de a FIFA ter publicado um relatório em que foca as condições de atribuição da organização ao país, naquele que foi o primeiro e único Mundial disputado no continente africano.

O organismo de futebol mundial referiu na quarta-feira que vai exigir dezenas de milhões de euros por danos aos dirigentes implicados nos escândalos de corrupção que abalaram a FIFA e que se encontram sob investigação nos Estados Unidos.

Muitos dos casos focam os Mundiais, entre os quais o da África do Sul, que é acusada de ter pago mais de dez milhões de euros em subornos.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas