Record

Modric: «Ninguém tem o direito de se comparar a Ronaldo e Messi»

Vencedor da Bola de Ouro diz que português e argentino "são de outro nível"

• Foto: Reuters
Colado a uma das margens do rio Sena, no coração de Paris, o Grand Palais des Champs Elysées consagrou segunda-feira Modric como o vencedor da Bola de Ouro. Ronaldo e Messi tinham repartido irmãmente o troféu na última década (cinco para cada um), mas não foram além do segundo e quinto lugares, respetivamente. O argentino não ficava fora do pódio desde 2006. O português terminou em segundo. O triunfo não fez no entanto o jogador croata perder a humildade e reconhecer a superioridade dos dois astros como refere na entrevista que se pode ler esta terça-feira na 'France Football'.

"Para a história ficará que um jogador, representante de um país pequeno, ganhou a Bola de Ouro depois de Cristiano e Messi, que são jogadores de outro nível. Ninguém tem o direito de se comparar a eles.  São os melhores da história deste  desporto. Surgir na lista de vencedores a seguir aos dois é incrível. Não acredito nem por um segundo que isto se acabou para ambos", refere Modric.

Modric somou 753 pontos, Cristiano Ronaldo 478 e Messi 280. Estes dois não foram à gala (veja aqui a classificação final). Na cerimónia em Paris, o croata esteve acompanhado pela mulher e pelos filhos. O presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, também esteve a seu lado.

Ronaldo e Messi não foram à cerimónia da Bola de Ouro mas não escaparam dos memes
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas