Mourinho: «Missões defensivas muitas vezes não são do agrado de Ronaldo»

Elogia sistema montado por Fernando Santos na Seleção

• Foto: Reuters

O estilo de jogo da Seleção Nacional no decorrer do Euro'2016 foi muito criticado, mas José Mourinho prefere destacar a forma pragmática como o selecionador Fernando Santos encarou a competição, montando uma equipa compacta em torno de Cristiano Ronaldo, isentando-o de "missões defensivas, que muitas vezes não são do seu agrado".

"O sistema foi feito um bocadinho a pensar que ele ia ser mais um atacante, e um atacante central, do que um jogador de corredor. O treinador decidiu que Portugal ia jogar com praticamente duas linhas de quatro, deixando o Ronaldo numa posição mais central, não o tentando trazer para missões defensivas, que muitas vezes não são do seu agrado", disse o treinador português em entrevista ao jornal 'Expresso', sublinhando que "foi uma equipa bem montada e crescendo de jogo para jogo".

"Sou um pragmático e estou habituado a criticas como essas [feitas ao estilo de jogo de Portugal]. Nos últimos anos entrou-se numa dinâmica onde se confunde uma equipa defensiva e defender bem. Equipas defensivas e que sofrem golos e uma equipa que não é muito defensiva, mas que defende bem", reforçou Mourinho.

Por António Espanhol
5
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas