Novo código disciplinar da FIFA dá mais poder aos árbitros para combater racismo

Árbitros poderão suspender um jogo de futebol por incidentes racistas

O novo código disciplinar da FIFA, que foi esta quinta-feira tornado público, vai permitir que os árbitros suspendam um jogo de futebol por incidentes racistas, podendo mesmo dá-lo por encerrado e atribuir a derrota à equipa infratora.

Depois de quase 15 anos sem grandes alterações, o novo código da FIFA - desenvolvido após consulta das seis confederações de futebol e outras entidades relacionadas - introduz modificações significativas em áreas como o racismo e a discriminação que, segundo o organismo, colocam a entidade liderada pelo suíço Gianni Infantino "na linha da frente do combate a este ataque aterrador aos direitos humanos fundamentais".

A FIFA estipulou castigos mais pesados para jogadores e outros responsáveis que se envolvam em abusos racistas, duplicando de cinco para 10 jogos o período de suspensão, e vai criar painéis de juízes para ouvirem as vítimas de racismo e discriminação.

Paralelamente, também vão ser alargadas as sanções ao nível das transferências, com os clubes a poderem ser impedidos de contratar e inscrever jogadores caso tenham dívidas a jogadores, treinadores ou a outros clubes.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0