O dia em que Maradona ia patrocinar canetas e 'fugiu' ao ver uma bandeja com cocaína

Advogado Matías Morla conta episódio passado na Colômbia

• Foto: Reuters

Matías Morla garante que não teme a justiça. O último advogado de Maradona assegura não ter qualquer responsabilidade na morte de El Pibe, só lamentando ter recomendado o psicólogo Díaz.

"Não escolhi o corpo médico" começou por dizer, não se ficando por aqui.  "O Luque disse-me que operou o Maradona. O Maradona não ia aceitar que outra pessoa o operasse. Sabe o que o Luque disse? Que eu que não entendia as coisas", revela Morla que tem intenções de processar Cristiana Sinagra, mãe de Diego Junior, e Rocío Oliva, última namorada de Maradona. 

Na mesma entrevista, Morla contou um episódio que envolveu Maradona. "Fomos a um evento na Colômbia para patrocinar canetas. A dado momento passou uma bandeja com cocaína e Diego disse-me: 'Vamos'. Ele entrou no carro e perguntou-me quanto dinheiro perdemos. Disse-lhe o valor, que era importante. E ele respondeu-me: 'Não, acabei por ganhei, perdi muito com isso", relatou.

Advogado ataca filhas de Maradona
 
Matías Morla criticou durante as filhas do antigo craque, Dalma e Gianinna, que acusa de terem "abandonado" e "roubado" o pai. 

"Se o Diego acordasse ia recreminar-me por não ter lutado por deixar entrar no seu velório a Rocío [Oliva, ex-namorada de Maradona]. Ele amava-a e lutava contra as filhas, sentia-se atraiçoado e roubado. Eu estive com o Maradona durante sete passagens de ano e sete Natais a olhar para o telefone e ninguém lhe telefonava", explicou o advogado, em declarações ao canal América.

Morla revelou também algo que magoou profundamente Maradona. "O Diego estava indignado porque a filha de Dalma chama-se Roma. O Diego é o quê? Nápoles é o contrário de Roma. Tirado as irmãs, todos os outros deixaram-no só. O Diego nunca esteve louco", garantiu, admitindo, porém, que El Pibe "tinha problemas de adição".

Por Record
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Superliga avança: Revolta de milhões na UEFA

Doze dos clubes mais ricos acordaram uma competição fechada e receberam resposta arrasadora do organismo que rege o futebol europeu: se avançarem, serão riscados de todas as competições

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.