O dia em que Marcelo Bielsa conheceu Messi: «Ele joga assim... o vídeo não está acelerado»

Novo livro recorda primeiros anos da carreira do craque argentino

Messi era jogador da formação do Barcelona e praticamente um desconhecido ainda no mundo do futebol, tanto na Argentina com em Espanha. Claudio Vivas, então adjunto de Marcelo Bielsa na seleção argentina mostrou-lhe um vídeo de Messi com 16 anos e a reação do técnico foi pedir para ver o vídeo em velocidade normal. A história é contada no livro "Messi, um génio incompleto" (tradução literal), do jornalista Ariel Senosian.

"Marcelo, é normal. Não é acelerado. Ele joga assim". A resposta de Claudio Vivas ao pedido de Marcelo Bielsa demonstra bem o desconhecimento e a qualidade de Messi. Segundo o autor do livro, a partir desse dia começaram a tentar descobrir mais sobre aquele menino de 16 anos.

Tocalli, então treinador da seleção sub-17 da Argentina, teve a mesma opinião que Bielsa, mas tentou questionar amigos em Espanha -  Pekerman, Sorín, Saviola - sobre aquele jovem jogador e as informações eram nulas, ninguém o conhecia... Tocalli não o convocou para o Mundial Sub-17, na Finlândia, decisão da qual se arrependeria mais tarde, segundo conta Ariel Senosian: "Sou um idiota."

Por Record
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.