«Objetivamente Ronaldo tinha de ganhar o prémio 'The Best'»

Joaquim Evangelista confessa desilusão

Ronaldo (Juventus, 33 anos) - 100 milhões de euros
Ronaldo (Juventus, 33 anos) - 100 milhões de euros
Ronaldo (Juventus, 33 anos) - 100 milhões de euros

O presidente do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF) mostrou-se esta terça-feira "desiludido" com o facto de o português Cristiano Ronaldo não ter sido distinguido com o prémio 'The Best', atribuído pela FIFA ao melhor futebolista do ano.

"Estou desiludido, não compreendo como as instituições desportivas não acarinham e promovem aqueles que são os seus principais protagonistas", disse Joaquim Evangelista, que na segunda-feira marcou presença na gala que distinguiu o croata Luka Modric, com o prémio 'The Best'.

O presidente do SJPF considerou que, "objetivamente, Cristiano Ronaldo tinha de ganhar o prémio", mas admitiu que o internacional português vai querer continuar a estar no topo do futebol mundial.

"O Cristiano não deixa ninguém indiferente, ou se gosta muito dele ou não. O Ronaldo vai voltar ainda mais poderoso, não tenham dúvidas, ele vê coisas positivas onde os outros vêem coisas negativas, vai fazer uma grande época e vai querer continuar a estar no topo do futebol", referiu.

O presidente do SJPF, que falava à margem da apresentação da coleção de cromos da liga de futebol, da Panini, admitiu que comparando com anos anteriores, Cristiano Ronaldo pode não ter tido o mesmo nível, mas acrescentou: "Cristiano Ronaldo e Messi, relativamente aos demais, têm uma distância enorme".

Evangelista considerou essencial que "a UEFA e a FIFA, de uma vez por todas, respeitem os protagonistas maiores do futebol, pois são eles que alavancam a indústria do futebol".

Nuno Gomes, também presente na apresentação da caderneta de 422 cromos das 18 equipas da Liga NOS, disse ter "pena" que Ronaldo não tenha conquistado o prémio, e também se mostrou convicto de que o jogador da Juventus ainda vai lutar pelo 'The Best' nos próximos anos.

"Não sei se é merecido ou não [o prémio de Modric], sei que se o Cristiano se ganhasse era bem entregue, tenho pena que não tenha ganhado, mas estou convicto que ele vai estar ainda na luta pelo prémio nos próximos anos", afirmou.

A coleção de cromos da Panini, que será colocada à venda no final da semana, inclui um plantel de 17 jogadores de cada uma das 18 equipas do principal campeonato português.

A caderneta integra novas secções como os jogadores chave de cada clube, o top aquisições, e uma área dedicada aos novos talentos do futebol português, onde figuram nomes como o sportinguista Jovane Cabral e o benfiquista João Félix.

A coleção de cromos do principal campeonato português de futebol é editada pela Panini, de forma ininterrupta, desde a temporada 1992/93.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.