Ochoa confessa ter atuado lesionado na final da Gold Cup

Guarda-redes mexicano admite que estava com problemas

• Foto: USA Today Sports

Guillermo Ochoa, que realizou uma soberba exibição no encontro decisivo da Gold Cup, para azar dos norte-americanos, confessou que jogou a final "lesionado". "Sofri uma lesão no adutor da perna direita, não conseguia chutar. Pensei que não podia jogar, mas Martino disse-me que a final era para os valentes. Estamos muito felizes com o título", reconheceu o guardião, um dos destaques da prova, a par de Jiménez.

O avançado era um homem satisfeito no final do encontro. O prémio de melhor jogador do torneio – no qual apontou cinco golos e fez duas assistências – foi a cereja no topo do bolo para o ex-avançado do Benfica, atualmente no Wolverhampton. "O prémio é importante, mas mais grandioso é ter conseguido este título com a seleção", garantiu Raúl Jiménez. "Vestir a camisola do México é sempre uma honra e um orgulho, mais ainda quando conseguimos vencer", precisou o atacante.

"Estou muito agradecido por toda a confiança do selecionador Tata Martino e dos meus companheiros", agradeceu Jiménez, que não esqueceu os ausentes, entre eles Corona e Herrera. "Não tenho dúvidas de que com a presença de outros grandes jogadores seremos uma equipa ainda melhor no futuro", sustentou.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.