Ostersund perde licença para jogar na Liga sueca por problemas financeiros

Decisão da Federação sueca está ainda sujeita a recurso

• Foto: Direitos Reservados

O Ostersund viu esta terça-feira ser negado um pedido de licença para disputar a Liga sueca de futebol, em que atua desde 2016, com a Federação Sueca de Futebol a citar os problemas financeiros como critério para a decisão.

O clube, pode ler-se num comunicado federativo, "não cumpre os critérios de seleção para a elite no que toca a uma operação continuada durante o próximo ano", uma decisão que está ainda sujeita a recurso.

Com esta decisão, o Ostersund, que em 2017/18 jogou a Liga Europa, após ganhar a Taça da Suécia, vai cair para o segundo escalão, sendo promovido o Brage.

O clube sueco, que foi treinado pelo inglês Graham Potter, responsável por subir a equipa da quarta divisão ao primeiro escalão, de 2011 a 2018, afirmou recentemente que precisaria de cerca de 945 mil euros para continuar em funcionamento.

Este mês, o antigo presidente Daniel Kindberg, que orientou o mais recente período de sucesso do clube, foi condenado a três anos de prisão por crimes financeiros. 

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.