Para Javi García, Jorge Jesus está acima de Fabio Capello, Villas-Boas e Pellegrini

Médio destaca perfecionismo do seu antigo treinador

• Foto: Paulo Calado

Javi García não tem dúvidas: Jorge Jesus foi o melhor treinador que teve em toda a carreira. Em entrevista ao jornal espanhol 'Marca', o médio coloca o agora técnico do Sporting acima de Fabio Capello, Bernd Schuster, André Villas-Boas, Roberto Mancini e Manuel Pellegrini.

"Outros treinadores vêm um jogador a fazer algo de que não gostam e põem outro. Ele é muito perfecionista. Vê-te fazer algo mal e chateia-te. O melhor de ser treinador é ajudar os jogadores a serem melhor e isso foi o que Jorge Jesus fez comigo... e com os outros. Basta ver os jogadores que saíram do Benfica para equipas de nível mundial", contou.

O atual jogador do Zenit deixou a Luz rumo ao Manchester City. "Deram-me oportunidade de jogar numa equipa que contrata os melhores do mundo. Foi uma mudança brusca em termos de adaptação, mas sinto-me feliz por ter ganho a Premier League (2013/14), jogando a segunda volta quase toda e sabendo que grandes lendas, como Gerrard, nunca o conseguiram", refere.

Mais tarde, André Villas-Boas convenceu-o a mudar-se para o Zenit. "Todos gostamos de nos sentirmos valorizados e ele ligou-me e insistiu que queria que eu fosse para o Zenit", contou, garantindo que se trata de uma liga "muito complicada". "No início, pensava que era uma uma coisa de uma ou duas equipas, mas tem deslocações muito difíceis, jogas com frio, há dias em que o corpo simplesmente não responde."

Por Sérgio Krithinas
8
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.