Paris Saint-Germain e a final da Champions: Trancas à porta e fé nas estrelas

Defender bem é, segundo Marquinhos, quase meio caminho andado para o PSG levantar o troféu

• Foto: REUTERS

Na final da Liga dos Campeões, no domingo, em pleno Estádio da Luz, o PSG sabe que vai encontrar uma avalancha ofensiva. O Bayern soma 42 golos nos dez jogos da prova e é precisamente a colocar um travão no ataque do adversário que Marquinhos vê meio caminho andado para erguer o troféu. Depois, Neymar, Mbappé, Di María e companhia tratam do resto, diz o médio defensivo à RMC Sport.

“A defesa é o nosso ponto forte esta temporada. Temos grandes jogadores no ataque, mas também somos sólidos atrás. Sabemos sempre que vamos apontar um golo, conhecemos as nossas qualidades ofensivas”, refere o brasileiro, que até marcou à Atalanta e ao RB Leipzig, nas duas últimas eliminatórias.

Agora, Marquinhos só sonha com a conquista inédita dos gauleses. “Estamos aqui para fazer história”, salienta, antes do encontro que vai ser apitado pelo italiano Daniele Orsato.

Já o colega Verratti esteve atento à vitória do Bayern, por 3-0, contra o Lyon. “Vimos a partida todos juntos. É uma equipa forte, bem preparada fisicamente e com jogadores de qualidade. Vai ser um duelo fantástico”, realça o italiano ao ‘L’Équipe’.

Por Rafael Soares
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Pedro Martins: «Sonhamos conquistar um título europeu»

Há quatro épocas na Grécia, ganhou três campeonatos e uma taça pelo Olympiacos, ao serviço do qual tem a ilusão de surpreender a Europa, embora ciente da realidade helénica e das dificuldades inerentes. Fascinado pela liga inglesa, o treinador luso que mais vitórias (43) obteve no estrangeiro em 2021 não projeta um regresso ao futebol português no curto prazo

Notícias

Notícias Mais Vistas