Paulo Sérgio rescinde com Bali United depois de oito meses com salário cortado

Extremo foi eleito por três vezes o melhor da Liga em cinco anos na Ásia

Chegou ao fim a aventura de Paulo Sérgio pela Ásia. O médio-ofensivo português rescindiu com o Bali United, da Indonésia, depois de ter passado oito meses com o salário reduzido: desde março que estava a receber apenas 25 por cento do ordenado, sendo que no último mês recebeu 50 por cento, algo que motivou o craque a procurar a resolução do acordo com a ajuda do Sindicato de Jogadores.

Agora, Paulo Sérgio, de 36 anos, procura um novo clube, com o regresso a Portugal a figurar entre os possíveis planos do jogador, que se tornou uma referência no futebol asiático ao longo dos cinco anos em que jogou naquele continente. Distribuindo o percurso por DPMM (equipa do Brunei que joga no campeonato da Singapura), Bhayangkara e Bali United, o médio-ofensivo foi campeão três vezes, distinguido como o melhor jogador da Liga em três ocasiões, o rei das assistências em três campeonatos e em todas as edições esteve no melhor onze.

Segue-se um novo capítulo para um jogador que passou de extremo para jogar como número 10 ou 8 na Ásia. Formado no Sporting, em Portugal representou Académica, Belenenses, Estrela da Amadora, Aves, Portimonense, Olhanense, V. Guimarães e Arouca.

Recorde aqui o PodCast Record com Paulo Sérgio.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas