Perdeu o pai aos 10 anos e consumiu drogas: craque brilha no Ajax e está a caminho do Chelsea

Hakim Ziyech recorda infância difícil numa entrevista a um jornal holandês

Hakim Ziyech vai trocar o Ajax pelo Chelsea no próximo verão. O médio ofensivo de 26 anos, por quem os blues pagaram 40 milhões de euros, não tem tido, todavia, uma vida facil. Ao diário holandês 'De Volskrant' contou que tinha apenas 10 anos quando perdeu o pai, acabando por deixar os estudos e o futebol para enveredar por caminhos tortuosos.

"Essa doença, a esclerose múltipla, destroçou-o. Cada vez podia fazer menos, não conseguia andar, comer, falar... E acabou da pior maneira", recorda o futebolista holandês, que tem nacionalidade marroquina. "Lembro-me da noite em que ele morreu. Estava numa cama na sala de estar e eu queria ficar com ele. Adormeci na beira da cama, mas por volta da meia-noite acordei e fui para o meu quarto. Umas horas mais tarde, por volta das três, ouvi a minha família a chorar. O meu pai estava morto. Eu tinha 10 anos. Não voltei à escola, o futebol também deixou de me interessar. Deixei-me ir por competo, deixei tudo", recorda o jogador.

Até que um 'anjo da guarda' apareceu na vida de Hakim Ziyech. Aziz Doufikar, o primeiro futebolista marroquino a jogar na Holanda, tirou-o do fundo do poço. "Depois da morte do pai o Hakim saiu completamente dos 'carris'. Bebia, fumava e também consumia drogas. Ajudei-o o melhor que pude para o tirar desse caminho. Eu era o seu mentor, o seu pai e treinador. Vi que tinha medo de se mostrar no campo. Deixei-o jogar vários torneios e vi-o crescer. Com um pouco de sorte funcionou. O Hakim floresceu por completo", recorda Doufikar.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.