Pirlo anuncia adeus e explica: «Já não tenho cartilagem»

Aos 38 anos, italiano sente que "chegou o momento de parar"

O médio Andrea Pirlo anunciou, em entrevista publicada este domingo no jornal 'Gazzetta Dello Sport', que se vai retirar em dezembro deste ano. Com 38 anos, o italiano assumiu que já não se sente nas melhores condições físicas e que, por isso, chegou a hora certa.

"Já não tenho cartilagem. Chegou o momento para parar. Em dezembro, voltarei para Itália. Com problemas físicos todos os dias, não podemos treinar como queremos porque temos sempre alguma coisa. Na minha idade, isso é suficiente. Não é possível jogar até aos 50. Farei outra coisa", revelou o quarto jogador mais internacional de sempre pelo seu país, com 116 internacionalizações, a par de De Rossi.

Agora, só falta saber o que vai fazer Pirlo depois de dezembro, data que coincide com o fim do contrato nos nova-iorquinos e o final da temporada na MLS. Trabalhar com Antonio Conte, que foi seu treinador na Juventus, pode ser uma opção mas o médio assumiu que ainda não há planos concretos.

"Vou fazer alguma coisa. Trabalhar com Conte? Dizem-se algumas coisas e eu tenho algumas ideias mas preciso de tempo para decidir", frisou o o jogador que passou além da Juventus, pelo Brescia, Milan e Inter, tendo jogado também no Reggina, por empréstimo.

No seu vasto palmarés, Andrea Pirlo conquistou o Mundial'2006, duas Ligas dos Campeões, pelo Milan, e o campeonato italiano, por sete ocasiões - cinco pela Juventus e duas pelo Milan.


1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.