Polémica na Áustria: equipa goleia 9-0, sobe à 1.ª divisão e o rival desconfia

Ried ficou com o 1.º lugar pela diferença de golos e o Klagenfurt (2.º) vai avançar para os tribunais

A carregar o vídeo ...
Os golos do jogo que fez estalar a polémica no futebol austríaco

A polémica estalou na segunda liga austríaca. Tudo por causa da goleada sofrida pelo Floridsdorfer AC, às mãos do Ried (0-9), que conseguiu a promoção ao primeiro escalão devido... à diferença de golos. O Ried terminou com um diferencial positivo de 34, contra os 29 do Klagenfurt, que ficou em segundo, apesar de também ter goleado o Wacker Insbruck (6-1).

O treinador interino do Floridsdorfer, Aleksandar Gitsov, ainda escapou às críticas, mas o Klagenfurt não se conteve. "Marcávamos um golo na nossa partida e o Ried marcava logo a seguir. Muito interessante", apontou Robert Micheu, técnico do segundo classificado, prejudicado também pelo facto de apenas haver uma descida e uma subida para a primeira liga.

De resto, o Klagenfurt já anunciou que vai avançar com uma ação judicial, enquanto a Federação, de acordo com a imprensa austríaca, deverá também investigar a goleada.

Ora, o Floridsdorfer lutava pela permanência, sendo que precisava de um empate, pelo que lamentou a goleada. "Sabemos que desapontámos muitas pessoas. Queremos pedir desculpas em nome do clube. Estamos desolados pelo fraco comportamento da nossa equipa", refere o clube, refutando as insinuações. "Defendemo-nos veementemente contra as várias acusações das quais temos sido alvo. Vamos analisar intensivamente os acontecimentos desta partida", lê-se no comunicado. 




Por Rafael Soares
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.