«Prefiro que tirem os salários aos futebolistas do que aos pedreiros»

Jogador espanhol que atua na Turquia lança apelo

• Foto: Getty Images

Atualmente vinculado aos turcos do Alanyaspor - joga no clube desde o arranque da temporada -, o espanhol Juanfran Moreno abordou a situação que se vive naquele país por causa do surto do coronavírus e assumiu que, no seu entender, há outras profissões que sofrerão mais com a possível crise económica do que os jogadores de futebol e que, por isso, esses devem ter prioridade.

"Se há que perder uma parte do contrato, vamos ter de o fazer como todos. Mas o principal não é o dinheiro, é a saúde e acabar com este vírus. Vamos focar nisso, porque para jogar futebol há sempre tempo no futuro. Prefiro que tirem os salários aos futebolistas do que aos pedreiros, como o meu primo e o meu pai", disse o jogador, de 31 anos, em declarações à 'Radio Marca', numa entrevista na qual defendeu que os jogadores devem fazer o "esforço" para conseguir acabar a presente temporada.

Depois, ao jornal 'El Desmarque', explicou o procedimento feito no país e elogiou a decisão da Liga em suspender os jogos. "Fecharam-se as fronteiras, os colégios, restaurantes piscinas e ginásios assim que se registaram uns 20 infetados. A Liga fez o que era correto. Há que tentar tomar todas as precauções possíveis. Nós queríamos parar e a Liga decidiu assim", explicou.

Por Fábio Lima
5
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.