Presidente da federação da Jamaica admite que Usain Bolt pode ser convocado

Michael Ricketts gostava de ver o antigo velocista assinar por um clube do país

• Foto: EPA

O presidente da federação jamaicana de futebol, Michael Ricketts, lamentou que Usain Bolt não tivesse assinado contrato com uma equipa jamaicana e não descartou a hipótese de o antigo velocista, recordista mundial dos 100 e 200 metros, ser convocado para representar a seleção do país em compromissos internacionais.

"Estou um pouco desapontado por o Usain não ter assinado com um clube jamaicano, isso dar-nos-ia a possibilidade de o ver mais vezes em ação. Mas se ele mostrar que é bom o suficiente para fazer parte da seleção jamaicana, então será convocado. Estamos a acompanhar o seu progresso", contou Ricketts à ESPN.

Bolt encerrou um período de treinos na equipa australiana Central Coast Mariners, tendo inclusivamente participado em alguns jogos particulares. Recusou uma proposta do Valletta FC, de Malta, e pode assinar por qualquer clube. "Estamos esperançosos porque o Usain certamente arrastaria uma multidão", acrescentou o dirigente.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas