Presidente do Leeds 'ameaça' Barcelona: «Se não pagarem Raphinha até 2 de setembro...»

Andrea Radrizzani assume que já tinha acordo com o Chelsea para a venda do extremo brasileiro

• Foto: USA Today Sports
Andrea Radrizzani, presidente do Leeds, deixou, em entrevista ao 'The Athletic', um aviso ao Barcelona: ou os catalães pagam a transferência de Raphinha até ao prazo estipulado entre os clubes - 2 de setembro -, ou vão ter um problema muito sério.

"Tínhamos um acordo com o Chelsea [para a transferência do brasileiro] e, quando eu tenho um acordo, têm a minha palavra. A certa altura, tive vergonha de ligar a Todd Boehly [dono do Chelsea] a dizer-lhe que tinha alterado tudo...", referiu, antes de explicar as diferentes influências nas conversações.

"Esta é mais uma prova do poder que os jogadores e os seus agentes têm num negócio. Para mim é um exagero. Investimos muito para construir clubes, centenas de milhões de euros, mas todo o poder parece pertencer aos representantes desses jogadores. É ridículo pensar que algo assim pode acontecer, mas se não pagarem Raphinha até 2 de setembro teremos um caso global sobre o Barcelona em toda a comunicação social", acrescentou.

Recorde-se que o extremo brasileiro, que em Portugal representou V. Guimarães e Sporting, deverá render 58 milhões de euros no imediato, mais 10 M€ por objetivos ao Leeds.
Por Record
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas