Primo de Quintero é testemunha chave de Villa no caso de violência doméstica

Ex-namorada do jogador do Boca Juniors acusa-o de agressões

Brian Alvarez Acero é primo de Juan Quintero, antigo jogador do FC Porto, e também considerada testemunha chave de Sebástian Villa no caso em que o futebolista do Boca Juniors é acusado pela ex-namorada, Daniela Cortés, de violência doméstica.

Ao Tribunal, Brian Alvarez Acero afirmou não ter visto Daniela com marcas de agressão quando, naquela noite de 27 de abril, acompanhou Villa a casa, para o jogador procurar o seu passaporte, cerca de meia hora após a luta que levou à separação e à queixa de violência doméstica, com a ex-namorada do futebolista a dizer inclusivamente ter sofrido um aborto por causa das agressões.

"A verdade é que (Daniela) não tinha absolutamente nada. Eu estava a três ou quatro metros de distância e ela estava da porta para o interior, numa área muito iluminada", disse no seu depoimento, segundo o jornal argentino 'OLé'.

Recorde-se depois da acusação de agressões, Villa mudou-se para casa de Quintero, situação à qual o River Plate manifestou-se contra.  

O jogador do Boca Juniors sempre negou a acusação. 

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas