Querétaro nega responsabilidades no roubo a jogadores do D.C. United

Desapareceram vários telemóveis no balneário dos americanos

• Foto: EPA
O Querétaro negou esta terça-feira quaisquer responsabilidades no desaparecimento de vários telemóveis e dinheiro do plantel do D.C. United, aquando da passagem dos norte-americanos pela cidade do centro do México, para o jogo da Liga dos Campeões da CONCACAF. Alegadamente, e segundo acusava a formação de Washington, os bens haviam sido roubados do balneário da Corregidora, mas essa acusação foi já negada pelos mexicanos.

"O D.C. United recebeu a única chave que existe do balneário visitante, pelo que não existe maneira de pessoas externas de entrar naquele espaço durante o jogo", refere o conjunto mexicano, que na mesma nota admite que o mais certo é o "possível roubo ter sido efetuado num outro lugar, antes da visita ao Estádio Corregidora".

De qualquer das formas, o Querétaro assegura que assumirá o pagamento dos bens desaparecidos, por "confiar plenamente na palavra das pessoas do D.C. United".
Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas