Relatório ao acidente do avião com Emiliano Sala concluído até "final de março"

Acidente no canal da Mancha que vitimou futebolista argentino aconteceu há um ano

Os investigadores britânicos esperam concluir "até final de março" o relatório sobre o acidente de aviação no canal da Mancha que vitimou há um ano o futebolista argentino Emiliano Sala.

"O nosso inquérito encontra-se avançado e temos a intenção de publicar o relatório final até ao fim de março de 2020", informou em comunicado o Gabinete britânico de investigação a acidentes aéreos (AAIB).

A aeronave, que transportava Sala e o piloto David Ibbotson, cujo corpo nunca foi recuperado, despenhou-se em 21 de janeiro do último ano, quando o futebolista seguia viagem de Nantes para Cardiff, para onde se transferira.

O corpo do futebolista, de 28 anos, foi encontrado dentro da avioneta no fundo do Canal da Mancha, a 67 metros de profundidade, a norte da ilha de Guernsey, em 03 de fevereiro, sendo identificado quatro dias depois.

De acordo com a autópsia, Sala morreu na sequência de várias "lesões na cabeça e no tronco".

O futebolista foi exposto - e provavelmente o piloto -, a um nível "potencialmente mortal" de monóxido de carbono, suscetível de provocar convulsões, perda de consciência e crise cardíaca, antes do avião se despenhar, segundo informaram em agosto responsáveis da AAIB.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.