Riquelme: «Estou farto de assistir a isto...»

O grito de revolta do mago argentino

Os graves incidentes que impediram a realização do encontro da 2.ª mão da final da Copa Libertadores, entre River Plate e Boca Juniors, continua na ordem do dia. E são cada vez mais os integrantes do desporto-rei a saírem a terreiro para comentar não só aquilo que sucedeu mas também para tentar encontrar caminhos e soluções para que nada disto se volte a repetir.

Um deles é Juan Roman Riquelme, provavelmente uma das figuras mais respeitadas do futebol argentino, habituado a endeusar muitos dos seus artistas. Riquelme junta a uma carreira de qualidade uma maturidade intelectual que lhe permite estar uns pontinhos acima do habitual ex-futebolista que debita lugares comuns. Riquelme é mais do que isso e uma voz que importa ouvir nesta fase. E não foi meigo…

"Estou farto de assistir a tudo isto. Estou farto de ver imagens de pessoas a atirar objetos ao autocarro. E continuo sem perceber como as pessoas que estavam lá não se dignaram a tentar impedir os outros de o fazer", revelou ao Canal 13.

"Temos de ficar satisfeitos por o Boca não ser obrigado a jogar naquelas condições, com uma série de jogadores magoados. É importante que a Argentina comece a preocupar-se com o actual estado de coisas no futebol", rematou.

Por João Seixas
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas